O desenvolvimento e amadurecimento de uma empresa traz uma série de novos desafios a serem enfrentados. As atividades se consolidam e aumentam de escala, novas atividades são agregadas ao portfólio de atuação, o quadro de funcionários cresce, assim como o número de clientes. O seu desenvolvimento, muitas vezes, traz problemas relacionados a controle, monitoramento e desempenho. O número de atividades efetuadas, seus responsáveis e os resultados obtidos são apenas alguns dos exemplos de parâmetros a serem medidos. Em resumo, há sempre um aumento no número de processos, gerando a necessidade de maior controle, com maior eficácia. Neste contexto, como os gestores podem ter maior controle dos processos e ao mesmo tempo ter informações suficientes para evitar retrabalhos e aumentar o valor gerado aos clientes?

Através de tecnologia especializada!

É o que está fazendo a Cooperativa Agroindustrial Primato por exemplo. Sediada em Toledo, no Oeste Paranaense, a cooperativa iniciou em 1997 quando um grupo de 29 produtores se uniu com o propósito de desenvolver o agronegócio local, trabalhando com leite e suínos. Durante a trajetória de 20 anos, expandiu as suas atividades, contando atualmente com mais de 6,3 mil associados, 803 colaboradores, trabalhando em diferentes unidades de negócio:  10 agropecuárias, seis supermercados, duas fábricas de ração, uma unidade agrícola, uma unidade de recebimento e secagem de cereais, duas farmácias, dois restaurantes e uma unidade administrativa.

A PRIMATO, que é hoje a 18ª maior cooperativa do Paraná, traçou um objetivo desafiador para os próximos anos: subir para 11ª posição e atingir R$ 1 bi de faturamento em 2021. Contudo, para chegar lá, se viu diante da necessidade de conseguir mapear processos de todas as áreas de atuação de maneira integrada, identificando as entradas, saídas e as tarefas realizadas em cada processo, permitindo a mensuração dos recursos necessários para produzir mais sem perder em qualidade, bem como mensurar os resultados obtidos.

Trajetória da Primato em busca da evolução tecnológica

O crescimento e a expansão fizeram com que a Primato acabasse contratando durantes esses 20 anos mais de nove softwares de gestão diferentes (RH, agrícola, receituário, transporte, supermercados, entre outros).  Como explica o analista de TI, Uriel Chaves, a cooperativa acumulou no decorrer nos anos, emaranhados de sistemas que foram ficando defasados e difíceis de administrar, não só pelo departamento de tecnologia, mas por toda a equipe, não suprindo mais a necessidade do grupo diante da variedade de negócios e causando problemas como: a falta de informações integradas, dificuldade de análise e retrabalhos.

Foi aí que a Cooperativa lançou o projeto INOVAR que uniu a equipe na missão de buscar uma única solução em software especializada nas atividades em que a Primato atua e que, além disso, fosse capaz de prestar um suporte por profissionais especialistas nestes segmentos. “Mais do que uma simples mudança de softwares, a busca resultou na mudança da mentalidade dos colaboradores. Além da integração de todas as atividades da cooperativa, fomos à busca de uma solução capaz de transformar operadores em analistas de processos, pois identificamos que temos muitos colaboradores que podem ser potencializados e aproveitados em novos negócios”, explica Uriel.

A escolha do software

Cinco profissionais da equipe técnica da cooperativa pesquisaram sete softwares de gestão de renome no mercado, estudaram as suas funcionalidades, estratégias de implantação, atendimento, treinamento até que restarem apenas dois candidatos com potencial de atingir às expectativas. As duas soluções selecionadas foram avaliadas por mais de 80 pessoas da equipe que montaram inúmeros comparativos até que a campeã fosse eleita. “A partir do momento em que os colaboradores escolheram o software mais capacitado, a diretoria iniciou o processo de avaliação da empresa e de negociação”, conta Uriel.

A empresa fornecedora de software escolhida foi a VIASOFT que está no mercado de tecnologia de informação desde 1990 e tem se destacado no cenário nacional como uma das principais fornecedoras de soluções em software de gestão empresarial e, principalmente, como uma das principais opções para a substituição de softwares genéricos. Com mais de 350 colaboradores, atende mais de 45 mil usuários com softwares especializados nos segmentos de agronegócio, supermercados, combustíveis, materiais para construção, indústria, logística e também atua com soluções corporativas para contabilidade e gestão de pessoas.

Já o diretor executivo, Anderson Sabadin, destacou que a VIASOFT chegou para assumir um novo contexto dentro da cooperativa. “Vejo nesta solução uma informação útil, decisória, oportuna, correta, assertiva e fidedigna.  Por meio da VIASOFT, acredito muito da rentabilização dos negócios e um maior acompanhamento, seja por meio do acesso do produtor (Portal do Produtor), via smartphones de vendedores e todas as demais funcionalidades que teremos a nossa disposição, o que, sem sombra de dúvida, vai refletir na satisfação dos nossos cooperados”, explica.

Para o presidente, Ilmo Werner Welter, quando se busca por inovação é necessário substituir o que ficou defasado em busca de novos negócios, no caso da Primato, a expansão das atividades em piscicultura e a integração do frango com os novos projetos da Frimesa, empresa para qual a cooperativa é fornecedora, sendo necessário triplicar a produção. “Temos procurado aprender e nos espelhado naqueles que evoluem. Esse respeito vem rodeado de muita audácia e altruísmo que possivelmente fará com que a Primato esteja a frente do seu tempo. É por isso que o valor inovação faz parte da base da cooperativa”, conta.

 

 

Assine nossa newsletter

Assine a Newsletter

Digite aqui seu email e receba conteúdos exclusivos.

Leia também:

eSocial: fique atento aos prazos

O eSocial começou no dia 08 de janeiro de 2018  e terá novas fases implantadas gradativamente até janeiro de 2019, quando se torna obrigatório também para órgão...

Continue Lendo

eSocial: Multas que as empresas podem sofrer caso não se adequem ao projeto

O projeto eSocial modificou a forma e os prazos de envio das informações prestadas ao governo federal para que as empresas se mantenham de acordo com a legislação. Ele...

Continue Lendo

O eSocial já começou. Tudo tranquilo aí na sua empresa? Se ainda há dúvidas, com certeza esse artigo vai te ajudar!

O eSocial entrou em vigor há poucos dias (8 de janeiro de 2018) e segue causando muitas dúvidas no mundo dos negócios. Por isso, levantamos as mais recorrentes e...

Continue Lendo

Copyright © 2017 Viasoft - Todos os direitos reservados.

Ligamos para você!

Informe seus dados e receba a ligação de um dos nossos especialistas nos próximos minutos.










Se você já é cliente e está procurando atendimento visite nossa Central de Atendimento, clique aqui.