Centrais de compras: evite falhas de comunicação com os supermercados

É estranho pensar numa situação onde não haja comunicação nos dias de hoje, no mundo corporativo então, é impossível até de imaginar, afinal vivemos no mundo conectado, onde (quase) qualquer negócio pode ser feito online.

 

Mas se você tem um supermercado e, é associado a alguma central de compras, em alguma altura dessa parceria você já deve ter passado por algum problema causado justamente por falha de comunicação.

 

As centrais de compras, ou de distribuição, têm a comunicação no cerne do seu princípio lucrativo, pois são varejistas que se juntam para obterem melhores negociações com o fornecedor. Na central da qual o seu supermercado participa, certamente, isso tem funcionado, pois ao entrar em contato com o fornecedor, aliado a vários outros comerciantes como você, a sua remessa de compras acaba sendo muito maior e por consequência, o seu poder de barganha também.

 

Se as conversas com a indústria e distribuidores são um sucesso, onde acontece a falha na comunicação?

Atenção! Esta é uma falha interna que ocorre entre os associados e a própria central.

 

Como você faz o pedido das mercadorias a central? Provavelmente por e-mail, whatsapp, ou liga diretamente para o gerente, pela garantia de que nada da sua encomenda seja ignorado por alguma falta de atenção. São vários os meios, e inclusive, é possível checar se a sua mensagem foi visualizada.

 

No entanto, você pode perceber que essa interação acontece de um modo extremamente informal, o que é aceitável, já que tudo decorre entre sócios. Mas seguramente, este não é o mesmo método usado para fazer o pedido das compras diretamente ao fornecedor, não é mesmo? Até porque no momento da compra propriamente dita, o fisco entra em cena e tudo tem que ser registrado e verificado com o máximo de apuração.

 

Na hora de fazer pedidos à central, portanto, você até pode confiar nos seus sócios, mas não deveria confiar tanto na sua memória. A informalidade no trato das demandas entre os associados deu origem aos problemas de comunicação, porque ela é feita sem um registro automatizado, isto é, o que você solicita da central, por e-mail ou telefone não é lançado automaticamente num sistema de informações, para que seja computado e automaticamente atendido e, o que resulta dessa falta de automação nos processos são os infortúnios de, mais tarde, ver o seu estoque com furos, ou lotado de produtos que não são os que você pediu, ou ainda, deixar de vender porque a marca que chegou não era a que você queria.

 

Mas se AUTOMATIZAÇÃO é a solução para esse problema de comunicação, pode ter certeza que a tecnologia já está resolvendo tudo isso com o máximo de competência.

Quer saber mais? Confira nesse infográfico exclusivo, como a tecnologia está otimizando os processos das centrais de distribuição e deixando falhas como essa para trás.

 

 

Assine nossa newsletter

Assine a Newsletter

Digite aqui seu email e receba conteúdos exclusivos.

Leia também:

Micro e pequenas empresas e MEIs com empregados poderão ingressar no eSocial a partir do mês de novembro

Foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (11/7) a Resolução nº 4 do Comitê Diretivo do eSocial.  A medida permite que micro e pequenas empresas – que são...

Continue Lendo

Seu conceito de “satisfação” com o seu software pode estar prejudicando sua empresa

Você, gestor, sabe melhor do que ninguém o quanto o tempo e agilidade são valiosos. O problema é que, muitas vezes, estamos tão condicionados à repetição de processos...

Continue Lendo

Setor de combustíveis: se o seu registro de resultados é falho, sua gestão também é

Como está o seu crescimento? Quanto você vendeu esta semana se comparada a semana passada? Você sabe dizer com certeza se houveram lucros ou prejuízos este mês? Não é...

Continue Lendo

Copyright © 2017 Viasoft - Todos os direitos reservados.

Ligamos para você!

Informe seus dados e receba a ligação de um dos nossos especialistas nos próximos minutos.











Se você já é cliente e está procurando atendimento visite nossa Central de Atendimento, clique aqui.